Poluição por plásticos no oceano global: Para onde foi todo o plástico?

Uma palestra pública da Inquiring Minds (Mentes Questionadoras) pelo Professor Carlos M. Duarte, Diretor do UWA Oceans Institute (Instituto Oceanos da Universidade do Oeste da Austrália)

15 de outubro de 2013

Traduzido por Mariana Coutinho Hennemann, revisado por Natalie Andreoli, Global Garbage Brasil

A introdução dos plásticos na década de 1950 foi celebrada como um imenso avanço. Desde então, nós temos plastificado nossas vidas às custas da introdução de uma enorme fonte de poluição. Os plásticos carregam uma ampla gama de poluentes orgânicos persistentes (POPs) adicionados aos polímeros plásticos como aditivos para conferir propriedades especiais. O oceano é o destino final da poluição por plásticos, impactando a vida marinha desde minúsculos copépodos até baleias. A descoberta de um acúmulo de lixo plástico flutuando no noroeste do Pacífico alertou o público para a acumulação de plásticos em áreas do oceano com dinâmicas oceanográficas particulares. Isso despertou o interesse no mapeamento da abundância de lixos plásticos flutuantes nos oceanos. 

Esta palestra apresentou os primeiros resultados de uma pesquisa global de poluição por plásticos nos oceanos, juntamente com os insights que se seguiram sobre o destino da poluição por plásticos nos oceanos.

O Professor Carlos M. Duarte é diretor do The UWA Oceans Institute (Instituto Oceanos da Universidade do Oeste da Austrália) e professor pesquisador do Spanish National Research Council (CSIC – Conselho para Pesquisa Nacional Espanhola) no Mediterranean Institute for Advanced Studies (IMEDEA – Instituto Mediterrâneo para Estudos Avançados), em Mallorca, na Espanha.

A pesquisa do Professor Duarte foca na compreensão dos efeitos das alterações globais nos ecossistemas marinhos. Ele tem conduzido pesquisas através da Europa, Sul-Leste da Ásia, Cuba, México, EUA, Austrália, na Amazônia, no Ártico, no Oceano Antártico, e nos oceanos Atlântico, Índico e Pacífico, abrangendo a maioria dos tipos de ecossistemas marinhos, desde a costa até mares profundos. Sua pesquisa tem focado na compreensão dos impactos das mudanças climáticas, eutrofização, hipóxia e perturbações antropogênicas no pH marinho no metabolismo e estrutura dos ecossistemas marinhos em escala regional a global.

O Professor Duarte atuou como presidente da American Society of Limnology and Oceanography (Sociedade Americana de Limnologia e Oceanografia) entre 2007 e 2010. Em 2009, foi indicado como membro do Conselho Científico do European Research Council (ERC – Conselho de Pesquisa Europeu), o comitê científico de mais alto nível na Europa.

Ele recebeu muitas honras por seu trabalho, incluindo o Prêmio G. Evelyn Hutchinson da Sociedade Americana de Limnologia e Oceanografia em 2001, o Prêmio National Science da Espanha (2007) e o Prêmio King James I por pesquisa em proteção ambiental (2009). Em 2009, recebeu a Medalha de Prata Cruz de Mérito da Guardia Civil, Espanha, por seus serviços à proteção ambiental. Em 2011, também recebeu o Prix d’Excellence, a maior honra concedida pelo International Council for the Exploration of the Seas (ICES – Conselho Internacional para a Exploração dos Mares).

Inquiring Minds (Mentes Questionadoras)

A série de palestras Inquiring Minds (Mentes Questionadoras) foca nas empolgantes pesquisas que estão sendo desenvolvidas na Universidade do Oeste da Austrália (UWA – University of Western Australia) por nossos principais pesquisadores mundiais e por estudantes visitantes nacionais e internacionais, de uma ampla gama de disciplina. A série Inquiring Minds é apresentada pelo Instituto de Estudos Avançados, pelos Serviços de Pesquisa e pelo Centro de Prática de Software da UWA. As palestras são gravadas e disponibilizadas para visualização no YouTube.