Quem sou eu

Olá, seja bem vindo!

Eu sou a Natalie Andreoli. Sou paulistana e em 2009 decidi me mudar para a ilha da Magia (Florianópolis, SC), pois a cidade tinha ficado grande demais para mim e me faltava o contato com a natureza.

Sou neta de italianos e aprendi desde pequena a gostar de mexer na terra e cuidar das plantas, quando ajudava meu pai com a hortinha dele. Hoje em dia tenho minha própria horta, inclusive fui eu mesma que plantei a bucha vegetal que uso para lavar louças. Sim… uso bucha vegetal para lavar louças e quando ela já está bem usada é só jogá-la no meu minhocário para que seja reciclada e vire adubo 🙂  E o adubo depois vai nutrir as plantinhas da minha horta.

A preocupação com o meio ambiente e os outros seres vivos vem desde a época em que escolhi estudar Biologia na faculdade. No meu mestrado estudei as bactérias que viviam no solo, nas plantações de soja. Quando me mudei para Florianópolis voltei a estudar. Me tornei educadora ambiental e esta é uma atividade que pratico todos os dias, nas minhas ações cotidianas, com os amigos, familiares e as pessoas que encontro pelo caminho. Eu adoro aprender sobre diversos assuntos e compartilhar aquilo que acredito que possa ser útil para outras pessoas. Em 2014 comecei a me aprofundar no estudo da Aromaterapia, uma ciência que estuda o poder dos óleos essenciais, compostos químicos que são extraídos das plantas e quanto mais eu estudo, mais me apaixono pelo poder das plantas.

Decidi voltar a escrever pois acredito que cada um de nós é responsável por criar um mundo melhor. Então a ideia é compartilhar aqui e nas redes sociais assuntos que são do meu interesse, relacionados com meio ambiente, sustentabilidade, vida saudável, aromaterapia, beleza com consciência, que nada mais são do que um reflexo do estilo de vida que levo no meu dia a dia. Espero que goste das minhas postagens, pois compartilho aquilo que vem do meu coração. 

Se você tiver algo a contribuir, alguma sugestão, algo que você faz que te proporciona uma vida em harmonia com você mesmo, com os outros seres e o com o planeta, me escreva, ficarei feliz em saber. 

Um abraço e boa leitura,

Natalie