Ritual matinal: um hábito que pode fazer a diferença na sua vida

Um ritual matinal pode fazer toda a diferença em como você se comporta durante o seu dia, a maneira como você trata as outras pessoas e como você se sente. Não me lembro quando comecei a adotar uma rotina pelas manhãs, mas sei exatamente como eu me sinto quando não consigo praticá-la:

  • Parece que falta algo.
  • Eu me sinto menos presente.
  • Eu não fico tão concentrada ao longo do dia.
  • Minhas ideias criativas não fluem.
  • Eu me sinto menos flexível, em todos os sentidos, tanto no corpo como nas ideias.
  • Eu me sinto mais vulnerável a reagir aos estímulos externos que não estão sob o meu controle.
  • Eu me sinto menos empática.

Quando me machuquei e fiquei sem praticar yoga e meditação todas as manhãs, nada de ruim aconteceu. Quando parei de escrever 3 páginas todas as manhãs, não percebi uma grande mudança no início. Mas lentamente fui notando a diferença. Quando percebi os benefícios de praticar uma rotina matinal consistentemente ao longo do tempo, notei também como me fazia falta quando ficava alguns dias sem esse ritual.

Epiteto, filósofo grego estoico, disse uma vez que “todo hábito cresce e é confirmado através de suas ações correspondentes”, ou seja, o hábito de caminhar cresce e é confirmado quando caminhamos, o hábito de correr, quando corremos. Portanto, ele dizia que se você quiser fazer algo, transforme isso num hábito. Se você não quiser fazer algo, tenha o hábito de fazer o contrário. Por esta razão, os estoicos eram muito bons em hábitos e rotinas. Para quem não sabe, o estoicismo foi uma escola de filosofia helenística fundada em Atenas no início do século III a.C. Desde a sua fundação, a doutrina estoica era popular com seguidores na Grécia romana e por todo o Império Romano, incluindo o imperador romano Marco Aurélio, que possuía um ritual pela manhã, uma espécie de preparação para o dia. Seneca, outro filósofo estoico, preferia refletir sobre suas ações no final de cada dia.

Ryan Holiday, o escritor do livro “The Daily Stoic: 366 Meditations on Wisdom, Perseverance, and the Art of Living”, (em português seria algo como: Estoicismo diário: 366 Meditações sobre Sabedoria, Perseverança e Arte de Vida), disse que “se você deseja viver uma vida melhor, rotina e hábito são a única maneira de fazê-lo. Você não pode simplesmente melhorar aleatoriamente. Você não faz um ótimo trabalho ou toma grandes decisões por acaso, mas sim através da regularidade. A rotina é tudo. Na vida e na filosofia.”

Então, se você ainda não tem uma rotina matinal, mas gostaria de ter uma nova rotina da manhã, compartilho abaixo um texto escrito pela Courtney Carver, do projeto Be more with less (Seja mais com menos) em que ela indica 10 pequenas coisas que você pode fazer para começar um ritual matinal.

  1. Pare de dizer que você não é uma pessoa matinal

Isso é uma boa desculpa, mas não importa. Comece sua rotina matinal sempre que o seu dia começar, mesmo que seja no período da tarde.

  1. Seja grato

Acorde e escreva três coisas pelas quais você é grato. Se você não consegue pensar em nada, lembre-se do que te fez sorrir ontem, a primeira pessoa que você pensou quando acordou, ou a última coisa que te fez rir.

  1. Alongue na cama

Mexa os dedos dos pés. Gire os quadris de um lado para o outro. Coloque seus dedos do pés no teto. Respire profundamente e abra seus pulmões.

  1. Esconda seu telefone

Faça o que for preciso para ficar longe do mundo digital até que você tenha incorporado a sua rotina matinal. Eventualmente, você pode querer usar um aplicativo de meditação ou outra ferramenta em seu telefone durante sua rotina pela manhã, mas comece sem ele para que você não fique tentado verificar e-mails, notícias ou outros aplicativos. Se você não está muito certo de como fazer isso, nesse post eu dou algumas dicas de como diminuir a dependência pela uso do celular.

  1. Faça uma lista das atividades da sua rotina matinal

Elimine o processo doloroso de tomar decisões logo que você acorda. Ao invés disso, faça uma lista do que você gostaria de incluir na sua rotina matinal e escolha duas ou três para começar.

  1. Crie uma lista de tarefas que não quer fazer na parte da manhã

Você pode ter mais clareza sobre como você deseja passar seus minutos da manhã depois de identificar claramente o que você não quer fazer. Faça uma lista das coisas que não agregam valor às manhãs. Aqui estão algumas coisas que você pode querer incluir na sua lista do que não fazer pela manhã: verificar o celular enquanto toma café; responder e-mails na primeira hora da manhã (exceto se for emergência), checar as mídias sociais ou e-mails nas três primeiras horas.

  1. Deixe uma caneta e papel próximo da sua cama

Diário é uma ótima maneira de deixar suas preocupações no papel, liberar alguns dos excessos de pensamentos que nublam sua mente.

  1. Criar responsabilidade

Desafie um amigo a praticar 10 dias de uma rotina matinal. Combine de enviar uma mensagem com um texto simples: “eu fiz”, depois da sua prática., para que vocês se incentivem

  1. Ligue uma música

Uma música de fundo pode ajudar a te manter envolvido e presente na sua rotina matinal. Crie uma lista de reprodução de 5 minutos e pratique sua rotina matinal enquanto a música durar a primeira semana. Adicione um minuto ou dois à sua lista de reprodução e rotina todas as semanas.

  1. Esteja presente

Mesmo que você não faça nada durante sua rotina matinal, compareça todas as manhãs por uma semana. Dedique cinco minutos para ficar deitado no seu tapete de yoga, sentado na mesa da cozinha, no chão ao lado da sua cama, ou onde quer que você esteja. Apenas esteja presente.

A minha rotina matinal foi construída ao longo dos anos. Atualmente eu faço alguns minutos de meditação, algumas posturas de yoga (sempre faço as mesmas, pois dessa forma consigo sentir como está meu corpo a cada dia). A última prática que adotei foi de escrever 3 páginas, de preferência logo ao acordar, sem julgamento, apenas escrever o que se passa na minha cabeça. Aprendi isso em um curso que fiz, chamado Ser Criativo, que é baseado em um exercício do livro ”O caminho do artista”, da Julia Cameron. Isso faz com que muitas das minhas preocupações fiquem no papel e eu comece o meu dia mais focada e atenta à tudo que acontece ao longo do dia. Também agradeço todos os dias por ter sabedoria para saber lidar com as situações, compaixão e empatia para saber lidar com as pessoas e força e poder para enfrentar tudo o que preciso.

Lembre-se do que Epiteto disse, um hábito só cresce e se confirma quando ele é praticado. Eu comecei com 1 minuto de meditação e ao longo do tempo fui incorporando aquilo que fazia sentido para mim. E você? Por onde você vai começar? Vou adorar saber 🙂

One Reply to “Ritual matinal: um hábito que pode fazer a diferença na sua vida”

  1. […] Ritual matinal: um hábito que pode fazer diferença na sua vida ~ Natalie Andreoli […]

Deixe uma resposta